O polícia-choque

Coloque e/ou comente aqui noticias,
links para noticias, citações de imprensa, etc...
Avatar do Utilizador
Fulano_de_tal
Mensagens: 863
Registado: 02 ago 2008, 22:33
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública

O polícia-choque

Mensagempor Fulano_de_tal » 11 mai 2012, 19:36

Rosário Breve – O polícia-choque
Publicado por João Baptista Blogue de Notas, twitter Domingo, Abril 29th, 2012



Daniel Abrunheiro


Sexta-feira pretérita, acordei sem remissão às quatro e meia da madrugada. Estava a sonhar com o polícia-choque.

Sonhar com o polícia-choque é mau por ser pesadelo.

O polícia-choque é por natureza estúpido porque às vezes a Natureza é estúpida.

O polícia-choque não tem cabeça, tem dois cus. O cu de cima usa ray-bans porque o polícia-choque gosta de pensar que é o Tom Cruise.

Aos fins-de-semana, o polícia-choque lava o carro do chefe e leva a mulher do chefe a passear às barracas de farturas porque para o polícia-choque a mulher do chefe ainda é mais chefe do que o chefe, por isso o polícia-choque tanto lava como leva.

O polícia-choque só tem estudos porque tirou o nono ano a quem o tinha.

O polícia-choque é católico por fora mas não sabe onde fica a Irlanda do Norte, se o polícia-choque soubesse onde é a Irlanda do Norte batia nos irlandeses do Norte porque alguns são protestantes e os protestantes são para bater neles por causa de protestarem.

O polícia-choque está para o resto da humanidade como os carrinhos-de-choque estão para o resto do trânsito.

O polícia-choque só consegue casar com romenas de acampamento porque o resto das mulheres da humanidade tem mais que fazer do que casar com polícias-choque.

O polícia-choque não consegue andar sozinho na rua porque o polícia-choque é cobarde.

O polícia-choque quando vê um desempregado ouriça-se todo.

O polícia-choque corta as unhas do pé ao chefe, guarda-as numa embalagem de margarina e todas as manhãs aparece lambuzado na esquadra.

Na cantina da esquadra, o polícia-choque só bebe tinto da marca Salazar.

Quando aos fins-de-semana o polícia-choque leva a mulher do chefe às barracas de farturas, o polícia-choque vai de calções havaianos e chinelos de enfiar o dedo.

Também leva os ray-bans no cu de cima, o polícia-choque.

O polícia-choque não consegue bastonar-me porque eu sei coisas de gramática que o fazem tossir – e quando o polícia-choque tosse, o polícia-choque não consegue ser nem bastão nem bastante.

O polícia-choque pensa que a palavra bastonário quer dizer o chefe dos bastões.

Quando o polícia-choque pensa na palavra chefe o polícia-choque pensa logo em farturas.

Se as galinhas usassem capacete, as galinhas eram polícias-choque.

Eu não tenho medo de polícias-choque porque até ao nono ano ninguém aprende a ler, por isso os polícias-choque nunca aprendem a ler, por isso eu posso rir-me deles em crónica, que os polícias choque só sabem ler a palavra Farturas na testa da barraca de levar a mulher do chefe a passear e a comer fritos.

Quando eu for grande, não quero ser polícia-choque porque para isso tinha ido ali à casa-de-banho.

http://www.oribatejo.pt/2012/04/rosario-breve-o-policia-choque/
------------------
Everyone has a right to be stupid once in awhile. Yet some just abuse the privilege.
------------------
https://www.tovarich.net

Avatar do Utilizador
canada
Mensagens: 43
Registado: 01 fev 2011, 21:15
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública
Data de alistamento: 02-ABR-2007
Categoria: Agente

Re: O polícia-choque

Mensagempor canada » 12 mai 2012, 06:35

É impressão minha, ou quem tem cara de cú é ele?

Avatar do Utilizador
Fulano_de_tal
Mensagens: 863
Registado: 02 ago 2008, 22:33
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública

Re: O polícia-choque

Mensagempor Fulano_de_tal » 12 mai 2012, 14:43

Há duas coisas (fora a matemática) que no ser humano, nos mais sofisticados exemplares, conseguem raiar o infinito: uma delas é a estupidez . No presente caso . Isto devia ser afixado e reavivado todos os dias. Deviam esfregar-lhe o focinho neste despejo e ministrar-lhe sovas de rolo de jornal todas as manhãs. A sério. Estou habituado à contemplação heróica dos maiores monumentos da cretinice do nosso tempo. Mas até eu, confesso, quando li isto, deixei cair o queixo. Tinha este personagem na categoria dos montes de merda. Afinal, pequei: por nítida escassez. É uma serra, uma cordilheira alpina, uma austrália completa!
------------------
Everyone has a right to be stupid once in awhile. Yet some just abuse the privilege.
------------------
https://www.tovarich.net

Avatar do Utilizador
JiL
Moderador
Mensagens: 253
Registado: 09 out 2006, 15:47
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública
Categoria: Agente

Re: O polícia-choque

Mensagempor JiL » 17 mai 2012, 12:35

Direito de resposta – PSP responde a crónica de Daniel Abrunheiro

Exmo. Sr. Diretor do Jornal O RIBATEJO, Dr. Joaquim Duarte,

Começarei por lhe dar conta do motivo que me levou, em nome da PSP, a entrar em contato convosco. Este prende-se com a publicação do artigo do Sr. Daniel Abrunheiro, com o título: O polícia-choque!

Queira V.ª Ex.ª considerar que poderíamos ter recorrido à Lei de Imprensa e enviado para a Entidade Reguladora da Comunicação Social, um Direito de Resposta para que fosse publicado por vós, no mesmo espaço que facultaram ao cidadão Daniel Abrunheiro, a publicação integral do nosso esclarecimento. Não o faremos, porque, até prova em contrário, acreditamos que o Jornal O RIBATEJO mediou de boa fé esta publicação.

Esperamos no entanto, que dêem eco deste nosso esclarecimento no vosso jornal e que o façam chegar aos vossos leitores pois não nos revemos em nada do que foi escrito pelo cidadão Daniel e porque, objetivamente, o último fim desta publicação foi ofender, achincalhar, denegrir e embrutecer a imagem dos polícias.

O cidadão Daniel Abrunheiro fala apenas sobre o polícia choque, e fá-lo em todas as linhas do seu texto, referindo-se inequivocamente ao polícia que tem um Chefe, que tem família, que tem bastão e que tem capacete. Para qualquer cidadão que leia este artigo, este polícia choque é um polícia da PSP.

Poderíamos até considerar que esta é apenas uma divagação abstrata, surreal, filosófica de um cidadão que pretendeu discorrer sobre um assunto utópico e imaginado. Infelizmente para a PSP, esta leitura não é utópica e materializa a imagem de uma figura policial a que muitas pessoas identificam como: polícia de choque!

A PSP recebeu inúmeras denúncias nos últimos dias sobre este artigo, recebemo-las por email, recebemo-las nas redes sociais e olhámos para alguns dos comentários publicados na blogosfera, nas diferentes plataformas e páginas. Se há algo que todos afirmam, é que este texto é sobre o polícia da Polícia e não sobre a utopia de um polícia que não tem representação no quotidiano.

Nesse sentido, permita-me expressar a minha mais profunda indignação pela publicação deste texto que, para além de ofensivo para os polícias, é impróprio para as pessoas que lêem o vosso semanário e o consultam na internet. Os polícias não se revêem neste texto, as pessoas não se identificam com estas palavras e o semanário O RIBATEJO fica mais “pobre” ao publicar algo tão, permita-nos, triste, como este discorrer de palavras do cidadão Daniel.

Não será portanto necessário enfatizar a V.ª Ex.ª que os polícias têm formação, têm virtudes, têm famílias e são mulheres e homens com sentimentos como qualquer cidadão. Porque tenho o grato privilégio de pertencer a uma instituição que nasceu há 145 anos, com mais de 23.000 profissionais e que trabalha diariamente, durante 24H para que Portugal seja um País seguro, não posso deixar de lamentar a publicação deste texto.

Paulo Ornelas Flor
Diretor do Gabinete de Imprensa e Relações Públicas da PSP

http://www.oribatejo.pt/2012/05/direito ... brunheiro/

JoaoP
Colaborador
Mensagens: 1725
Registado: 26 dez 2006, 14:08
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública
Categoria: Agente

Re: O polícia-choque

Mensagempor JoaoP » 18 mai 2012, 05:09

Pouco rico nas palavras mas disse o essencial.

Avatar do Utilizador
Miguel 2
Mensagens: 190
Registado: 20 fev 2009, 17:28
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública
Data de alistamento: 1999
Categoria: Agente
Localização: Fundo de um poço

Re: O polícia-choque

Mensagempor Miguel 2 » 20 mai 2012, 10:32

Este palhação energúmeno, que não tem outro nome, devia era ser assaltado, deixado em cuecas e levar uma valente tareia naqueles cornos, inútil de merda ! :ira
Peço desculpa desde já, pelo palavreado pouco próprio a pessoas mais sensíveis mas é o que sinto e apetece dizer.! :ira

Avatar do Utilizador
Dubest
Mensagens: 1939
Registado: 03 jun 2004, 08:22
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública
Data de alistamento: 1998
Categoria: Agente
Localização: Margem Sul

Re: O polícia-choque

Mensagempor Dubest » 20 mai 2012, 13:41

A diferença entre esse senhor e a Polícia, é que quando ele precisar...ela estará lá...pronta a actuar.

O resto, como sempre aprendi...a caravana passa e os cães ficam a ladrar.
7.º CFG - 2.º A
Palavras levam-as o vento....as acções essas ficam sempre...nem que seja na minha consciência

Avatar do Utilizador
Ivo
Mensagens: 2010
Registado: 11 fev 2004, 01:26
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública
Categoria: Agente
Localização: Lisboa

Re: O polícia-choque

Mensagempor Ivo » 22 mai 2012, 15:57

Associação Sindical dos Profissionais da Polícia responde a crónica

A Associação Sindical dos Profissionais da Polícia – ASPP/PSP – foi surpreendida com uma crónica na coluna Rosário Breve, publicada no jornal que V. Ex.ª dirige, no dia 29 de Abril do ano em curso, intitulada “O polícia-choque” (…).

A ASPP/PSP, como organização representativa dos Profissionais de Polícia, não pode deixar de demonstrar o seu total repúdio em relação ao conteúdo insultuoso, despropositado e completamente absurdo da crónica referida. Como é óbvio, em relação ao autor da crónica este Sindicato manifesta tolerância, já que revela um enorme défice de formação intelectual e educação cívica. Sem querer pôr em causa as liberdades de expressão e de opinião, na verdade também não podemos aceitar que essa liberdade interfira com a dignidade de cidadãos, porque os Polícias também são cidadãos, ao contrário do que por vezes parecem fazer crer e que têm uma responsabilidade extremamente importante junto e no funcionamento da sociedade.

A ASPP/PSP, maior e mais antiga estrutura sindical da PSP, sabe que os artigos de opinião não representam necessariamente a visão do jornal, mas também não podíamos aceitar que passasse incólume este ataque vil ao carácter de milhares de Profissionais. A instituição PSP é composta por mulheres e homens que, muitas vezes, cumprem um papel ingrato e sofrem a mesma austeridade atroz que o resto da população. Merecem, por isso, tanto respeito como qualquer outro trabalhador, seja ele trabalhador do Estado ou não.

Se a ideia era ser engraçado, não o foi. A escrita em forma primária é tão ou mais insultuosa que o conteúdo. (…)

No entanto, ao contrário de alguns, os Profissionais da Polícia darão a resposta adequada, através do seu profissionalismo, da sua seriedade, competência, se algum dia forem chamados para servir o referido articulista.

Terminamos reiterando o mais firme repúdio pela crónica e disponibilizamo-nos a prestar todas as informações necessárias sobre a Polícia, sua estrutura e missão, com o intuito de esclarecer esse Órgão de Comunicação Social, para que não caia novamente no erro de desinformar a população que serve.


Paulo Rodrigues

Presidente da Direção Nacional da ASPP/PSP


http://www.oribatejo.pt/2012/05/associa ... a-cronica/


Voltar para “FÓRUM 8 - NOTÍCIAS & IMPRENSA”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: CommonCrawl e 0 visitante