Chefe da PSP dá tiro a enteado e suicida-se

Coloque e/ou comente aqui noticias,
links para noticias, citações de imprensa, etc...
Avatar do Utilizador
Ivo
Mensagens: 2010
Registado: 11 fev 2004, 01:26
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública
Categoria: Agente
Localização: Lisboa

Chefe da PSP dá tiro a enteado e suicida-se

Mensagempor Ivo » 04 jan 2013, 01:54

Chefe da PSP dá tiro a enteado e suicida-se

Um chefe da PSP da Feira baleou o enteado, de 18 anos, com um tiro, na tarde de quinta-feira, e suicidou-se com um disparo na cabeça, após uma discussão. O jovem está hospitalizado mas livre de perigo.

A discussão aconteceu por volta das 17.30 horas, na habitação onde o chefe da PSP vivia com a mãe do jovem, Diogo Soares, há cerca de cinco anos, na Rua Mestre António Joaquim, Lugar da Cruz. Com a arma de serviço, Alcides Cardoso, 47 anos, disparou uma vez, atingindo o jovem no tórax. Depois virou a arma contra a sua cabeça e voltou a atirar.

Diogo ainda conseguiu pedir ajuda a um amigo pelo telemóvel. "Ele mandou-me uma mensagem a dizer que tinha sido baleado e a pedir-lhe para o ir ajudar. Ao princípio nem queria acreditar, mas fui logo a correr", disse o amigo ao JN, sob anonimato.

As discussões eram frequentes. "Eles não se entendiam. Ele não se dava nada bem com o padrasto, mas nunca percebi o motivo", adiantou o amigo. A mesma fonte contou também que Diogo Soares tinha estado uns dias com o pai, que reside em Ílhavo, e regressou para passar a passagem de ano com a mãe e o padrasto.

A mãe estava a caminho de casa quando foi avisada do sucedido. Ficou em estado de choque, tendo recebido assistência no local e mais tarde sido transportada para o Hospital S. Sebastião, na Feira. "Ouvi a mãe gritar muito e a dizer que lhe tinham baleado o filho, mas não ouvi tiros", contou um vizinho.

Os moradores da zona mostravam-se surpreendidos. "Um e outro pareciam pessoas pacatas". "O polícia andava muitas vezes de bicicleta e parecia muito boa pessoa. Era muito respeitador", adiantou um vizinho. A mesma opinião era partilhada em relação ao jovem. "Não se mete com ninguém. Pegava no computador e ia para o café", afirma outra vizinha.

Alcides Cardoso era um praticante aplicado de BTT. Durante a carreira na PSP, foi elemento operacional do Grupo de Operações Especiais da PSP e terá efetuado várias missões integrado em forças de pacificação internacionais.

Entre os colegas da PSP que conheciam o chefe a consternação era geral. Mostravam-se também incrédulos com o ato que terá sido cometido pelo seu colega de profissão.

Os bombeiros da Feira e a VMER prestaram assistência aos feridos. O jovem estava consciente quando foi transportado para o Hospital S. Sebastião na Feira. O padrasto foi levado para o Hospital de Vila Nova de Gaia, onde acabou por falecer.

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Seguranc ... 08&page=-1

Voltar para “FÓRUM 8 - NOTÍCIAS & IMPRENSA”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: CommonCrawl e 0 visitante