Investir na polícia é prioridade quando o país puder

Coloque e/ou comente aqui noticias,
links para noticias, citações de imprensa, etc...
Avatar do Utilizador
mike 07
Mensagens: 342
Registado: 24 dez 2010, 12:45
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública
Data de alistamento: 20-11-1996
Categoria: Agente

Investir na polícia é prioridade quando o país puder

Mensagempor mike 07 » 03 set 2013, 17:24

O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, defendeu hoje que um programa de investimento para melhorar as instalações das forças de segurança é uma prioridade, que deve avançar assim que o país tenha as "condições mínimas".
"Depois do país ter entrado na União Europeia, esta área, que não beneficia de fundos comunitários, devia ter sido, no meu entendimento, reforçada com as condições de investimento nacional que proporcionasse a permanente adequação e atualização das infraestruturas das forças de segurança, para não chegarmos à situação que temos hoje", afirmou o governante.
Miguel Macedo esteve hoje concelho do Seixal, onde inaugurou a nova esquadra da PSP de Corroios, que funcionava num espaço destinado a uma loja.
"Temos cerca de 1200 instalações da PSP e GNR espalhadas pelo país, muitas delas com condições, do ponto de vista material, de grande degradação. Quando o país tiver condições mínimas de poder estruturar de forma consistente ao longo dos anos, 10 a 12 anos no mínimo, um programa de investimento nesta área, acho que é prioritário que aconteça", defendeu.
Miguel Macedo explicou que são necessárias "melhores condições operacionais para forças de segurança" mas também "dignidade" no atendimento aos cidadãos.
O presidente da Câmara do Seixal, Alfredo Monteiro (CDU), ficou satisfeito com a abertura da nova esquadra da PSP no concelho, mas lembrou que existem ainda questões por resolver.
"A abertura desta nova esquadra é muito importante, pois vamos ter melhores condições de segurança e melhores condições para os agentes. Existem ainda esquadras da PSP no concelho a funcionar em instalações da autarquia e no caso da GNR de Fernão Ferro é a Câmara que paga a renda do espaço", salientou.
O autarca defendeu ainda a necessidade da divisão da PSP do Seixal ter as suas instalações definitivas, lembrando que já existe um terreno cedido para o efeito.
A nova esquadra da PSP de Corroios, no Seixal, tem capacidade para 60 efetivos.
A Câmara do Seixal assinou em 2009 um protocolo com a Direção Geral de Infraestruturas e Equipamentos (DGIE) do Ministério da Administração Interna e a PSP, para a construção da esquadra de Corroios, em terreno cedido pela autarquia avaliado em mais de 139 mil euros.
O novo edifício da PSP de Corroios, localizado em Santa Marta do Pinhal, vai ter serviço de atendimento, secretaria, gabinete de apoio à vítima, sala de comunicações e transmissões, sala de formação, gabinete para comandante, gabinete para adjunto, sala de reuniões, balneários, instalações sanitárias e celas.

Fonte:DN

Voltar para “FÓRUM 8 - NOTÍCIAS & IMPRENSA”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: CommonCrawl e 0 visitante