QUANDO A MENTE CORRE DESVAIRADA

Avatar do Utilizador
masahemba
Mensagens: 243
Registado: 07 jan 2008, 15:17
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública
Categoria: Agente

QUANDO A MENTE CORRE DESVAIRADA

Mensagempor masahemba » 16 jan 2008, 19:14

Homens e mulheres de azul vestidos, que centímetro a centímetro conquistais a idiferença, o desprezo e o desrespeito da maioria daqueles que convosco partilham as ruas da vossa cidade, o que vos move a serdes o bode expiatório do vosso país, onde os maus fígados da vossa sociedade despejam a imunda bílis, onde os maus carácteres, por força de uma democracia para vós sem direitos, encontram a abençoada oportunidade, para no azedo da sua vil perfídia, por momentos, terem no rosto a agrura da vítima? Que vos move a terdes esse humilhante papel? A louca veleidade de tentardes ser abelhas obreiras num jardim sem néctar? O amor ao interesse público, o interesse do público que de vós desdenha? Esta sociedade é uma mãe megera, pois megeras são todas as mães que descriminam alguns dos seus filhos...

in Filhos Pobres da Revolta/2003

Avatar do Utilizador
masahemba
Mensagens: 243
Registado: 07 jan 2008, 15:17
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública
Categoria: Agente

Re: QUANDO A MENTE CORRE DESVAIRADA

Mensagempor masahemba » 18 jan 2008, 18:43

«...quantas vezes o casamento por conveniência é sinónimo de angústia por parte dos noivos. Quantas vezes, nesses casamentos, o amor que eles sentem pertence a outras pessoas, a quem para sempre disseram adeus. Destino perverso!...»

in «Quando Um Anjo Peca»/1998

Avatar do Utilizador
masahemba
Mensagens: 243
Registado: 07 jan 2008, 15:17
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública
Categoria: Agente

Re: QUANDO A MENTE CORRE DESVAIRADA

Mensagempor masahemba » 19 jan 2008, 11:16

«...Agora que vivemos num país democrático, onde se anuncia a estabilidade económica, vejo alguns imensamenta ricos, e que não são tão pucos como isso, vejobastantes viverem decentemente,numa classe média lata, a inventarem laboriosas artimanhas para ludibriarem o Estado, no que concerne ao pagamento dos seus impostos, vejo a imensa classe média baixa, que ganha para ter uma razoável estabilidade económica, mas que é um forte sustentáculo das receitas do Estado, vejo muitos outros que a qualquer preço pretendem mostrar que são ricos, e gastam os seus dias a construir fachadas e a iludirem os credores numa apavorante inutilidade, e vejo finalmente aqueles a quem a vida nega tudo. E infelizmente são uma triste multidão. Percorrem este país, pintando de tristeza o ar que os envolve. Desgrenhados, mal estidos, mal falantes, olham-nos com tristeza e evidenciam o pouco ou nenhum gosto que têm pelo seu viver. Na carteira, feita de pelica barata, encontra-se uma solitária e desbotada nota de mil escudos a fazer companhia a meia dúzia de papéis velhos, manchados de porcaria, papéis sem interesse, onde se anotaram dois ou três números de telefone de que já se esqueceu a quem pertencem. De vez em quano acontece, quando estou numa fila de uma caixa multibanco, olhar para a carteira que ali se abriu, pertença de um senhor muito fino, muito materialista, exibindo no seu rosto fechado e egoísta toda a sua soberba. E ao contrário do outro, este tem a carteira de cabedal fino bem recheada e arrumada com método. Ali exibe os seus cartões de crédito, os seus cartões de visita, todos anunciando prosperidade e relacionamento fecundo e de qualidade...»

in «Visitados»/1999

Avatar do Utilizador
masahemba
Mensagens: 243
Registado: 07 jan 2008, 15:17
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública
Categoria: Agente

Re: QUANDO A MENTE CORRE DESVAIRADA

Mensagempor masahemba » 22 jan 2008, 18:42

«...Se todas as pedras tivessem memória e pudessem comunicar as suas recordações, cada templo, cada momumento, transformar-se-ia num relato vivo das vidas humanas e dos acontecimentos importantes ou não, que se escondem na mudez das pedras de que são feitos os templos e os monumentos...»

in «A Causa de MassiftonRá»/2005

Avatar do Utilizador
masahemba
Mensagens: 243
Registado: 07 jan 2008, 15:17
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública
Categoria: Agente

Re: QUANDO A MENTE CORRE DESVAIRADA

Mensagempor masahemba » 27 jan 2008, 19:51

«...A missão dos homens neste mundo é um grande mistério. Só Deus conhece verdadeiramente o sentido da vida de cada um de nós...Os desígnios de Deus não estão ao alcance do entendimento humano...»

in QUANDO UM ANJO PECA/1998

Avatar do Utilizador
masahemba
Mensagens: 243
Registado: 07 jan 2008, 15:17
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública
Categoria: Agente

Re: QUANDO A MENTE CORRE DESVAIRADA

Mensagempor masahemba » 30 jan 2008, 18:42

«...Junto a um pequeno meandro do rio, sobre um tapete verde de erva rasteira, exalando um perfume primaveril, estava estendida uma toalha branca com quadrados azuis, onde se depositaram algumas lancheiras, embora o lanche fosse o menos importante. Homens e mulheres conversavam alegremente, tentando esquecer as tristezas da guerra, que embora distante, fizera sentir os seus efeitos. Homens e mulheres conversavam alegremente, tentando encarar a vida com optimismo, fazendo planos para um futuro mais promissor. Jovens, filhos desses homens e dessas mulheres, exprimiam-se irreverentemente, pulsando de juventude e fogo em toda a sua essência...»

in «VISITADOS»/1999

Avatar do Utilizador
Pedro Bala
Mensagens: 1273
Registado: 13 jan 2006, 22:51
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública
Categoria: Agente
Localização: Algures, por aí...

Re: QUANDO A MENTE CORRE DESVAIRADA

Mensagempor Pedro Bala » 31 jan 2008, 15:30

masahemba Escreveu:«...A missão dos homens neste mundo é um grande mistério. Só Deus conhece verdadeiramente o sentido da vida de cada um de nós...Os desígnios de Deus não estão ao alcance do entendimento humano...»

in QUANDO UM ANJO PECA/1998


Nem mais. Disse tudo.
Deus te dê o dobro daquilo que me desejas.

Avatar do Utilizador
masahemba
Mensagens: 243
Registado: 07 jan 2008, 15:17
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública
Categoria: Agente

Re: QUANDO A MENTE CORRE DESVAIRADA

Mensagempor masahemba » 07 fev 2008, 18:31

«...os homens e mulheres de azul vestidos, na nossa sociedade são aceites, disso não dúvidas... mas, a troco de serem uns fiéis seguidores do servilismo, aos quais se tira o direito ao pensamento, ao sentimento e à inteligência, para assim a nossa mesma sociedade poder ter sempre um escape, para onde possa depositar as frustrações do quotidiano...»

in «Filhos Pobres da Revolta/2003»

Avatar do Utilizador
masahemba
Mensagens: 243
Registado: 07 jan 2008, 15:17
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública
Categoria: Agente

Re: QUANDO A MENTE CORRE DESVAIRADA

Mensagempor masahemba » 07 fev 2008, 18:43

«...Naquela específica estação de Peret, em que, desde então, já se passaram dez mil e cinquenta e nove estações, ocorreu um evento da mais alta importância para o meu país: um novo faraó chegava ao poder. Intitulou-se Amenhotep, O Quarto...O faraó, se queria ter um reinado feliz, em que perspectivava vir a reinar com justiça e sabedoria, a fim de trazer a prosperidade ao seu povo, teria de se encontrar sempre em harmonia com os deuses, pois neles iria beber os conhecimentos que dele fariam um faraó amado por todo o Egipto...»

in«A Causa de MassiftonRá/2005»

Avatar do Utilizador
masahemba
Mensagens: 243
Registado: 07 jan 2008, 15:17
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública
Categoria: Agente

Re: QUANDO A MENTE CORRE DESVAIRADA

Mensagempor masahemba » 16 fev 2008, 23:04

«...A noite caía pacificamente. Uma chuva miuda molhava a nova república. O vento soprava baixinho. Por vezes, parecia que soluçava. Talvez, quem sabe, os soluços e as lágrimas de tantos reis, de tantos anos...»

in «Quando Um Anjo Peca»/1998

Avatar do Utilizador
masahemba
Mensagens: 243
Registado: 07 jan 2008, 15:17
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública
Categoria: Agente

Re: QUANDO A MENTE CORRE DESVAIRADA

Mensagempor masahemba » 26 fev 2008, 19:03

«...a matéria existe apenas em função da espiritualidade. A primeira é efémera, ao passo que a segunda é eterna. A espiritualidade é apenas e só aquilo que nós somos. No entanto muitos homens há que apenas apostam na matéria. Irão perder a cartada. E é essa conduta, essa forma de vocês vos encarardes que nós queremos corrigir...»

in «Visitados»/1999


Voltar para “Literatura”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: CommonCrawl e 0 visitante