TIVE MEDO

Avatar do Utilizador
Shagrath
Mensagens: 32
Registado: 06 jun 2007, 20:51
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública

TIVE MEDO

Mensagempor Shagrath » 09 out 2009, 19:53

Hoje, ao final da tarde.
Passei a pé num local ermo.
Pelo que fiquei muito assustado.
Poque é um local que temo.

Mas tinha que ali passar.
Porque é o único caminho.
Pois foi a minha primeira vez.
Mas foi-me dito para ter cuidadinho.

Na altura, não liguei nada.
Pensei que era uma brincadeira.
Porque o meu amigo disse aquilo a sorrir.
Que às vezes aparecia ali uma freira.

Foi coisa que não deslumbrei.
Apenas tive um arrepio.
Uma sensação de alguém presente
Pelo que fiquei sem pio.

Foi uma coisa fora do normal.
Que nunca me tinha acontecido.
Coisa que não sei descrever.
Para mim é tudo desconhecido.

Quando cheguei à minha localidade.
Antes de ir para casa, fui à casa do fado.
Onde se encontravam os meus amigos.
E contei-lhes o que se tinha passado.

Estes após ouvirem a minha versão.
Começaram a rir às gargalhadas.
Pelo que fiquei um bocado ressentido.
Pelas suas atitudes tomadas.

De seguida, ausentei-me para casa.
A falar com os meus botões.
Muito triste com os meus amigos.
Por terem sorrido sem quaisquer razões.

Quando cheguei a casa.
Relatei aos meus pais o sucedido.
Estes acreditaram em mim.
E disseram, não fiques ofendido.


PS: Esta mensagem por lapso foi eliminada por mim, sendo os creditos deste poema do utilizador popas

Voltar para “Literatura”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: CommonCrawl e 0 visitante