48

Avatar do Utilizador
matahary
Mensagens: 2623
Registado: 13 fev 2004, 13:20
Localização: Além do Tejo

48

Mensagempor matahary » 21 abr 2011, 00:00

Este é um filme atípico. E, na sua quietude e estagnação, torna-se perturbador.

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/notic ... -que-falam
"Satisfaça-se com o que lhe agrada, e deixe os outros falarem de si como lhes agrada." - Pitágoras

Uma por dia, tira a azia.

Matisyahu - One Day ^.^ Aurea - Busy for Me

Avatar do Utilizador
Pedro Bala
Mensagens: 1272
Registado: 13 jan 2006, 22:51
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública
Categoria: Agente
Localização: Algures, por aí...

Re: 48

Mensagempor Pedro Bala » 21 abr 2011, 07:55

Não é filme, vem no Jornal de Negócios:
"Precisávamos de um homem com a inteligência de Salazar" (Otelo Saraiva de Carvalho)
http://www.jornaldenegocios.pt/home.php ... &id=480475
Deus te dê o dobro daquilo que me desejas.

Avatar do Utilizador
matahary
Mensagens: 2623
Registado: 13 fev 2004, 13:20
Localização: Além do Tejo

Re: 48

Mensagempor matahary » 21 abr 2011, 09:09

Então, mas agora dás crédito a um homem como o Saraiva de Carvalho?!?

48 não é um filme. É um documentário.
"Satisfaça-se com o que lhe agrada, e deixe os outros falarem de si como lhes agrada." - Pitágoras

Uma por dia, tira a azia.

Matisyahu - One Day ^.^ Aurea - Busy for Me

Avatar do Utilizador
tiririca
Mensagens: 1396
Registado: 16 nov 2007, 11:59
Força ou serviço: Polícia de Segurança Pública

Re: 48

Mensagempor tiririca » 21 abr 2011, 11:22

Otelo Saraiva de Carvalho é um homem perdido! Perdido também numa mente infantilizada! Impuseram-lhe uma responsabilidade para a qual ele não tinha inteligência cognitiva e emocional, estabilidade psíquica, doutrinal e nem sentido de Estado. Definitivamente, deixou-se embriagar pela vertigem da revolução. Num determinado momento chegou mesmo a ser um perigo público, quer como comandante do COPCON, quer como lider das FP25 de Abril.

Hoje e, conhecendo a elevada inteligência de alguns dos seus pares na execução do 25 de Abril, fico com a ideia que o lançaram para a frente, tipo carne para canhão. Se alguma coisa corresse mal, ele arcaria com as culpas, ou seja, tornar-se-ia no cordeiro que seria necessário imolar...

Não tem crédito moral, social, doutrinal nem político, é um homem perdido.
O pessimista queixa-se do vento, o optimista espera que ele mude e o realista ajusta as velas.
(Willian George Ward)


Voltar para “Cinema”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: CommonCrawl e 0 visitante